Petroibérica A sua Garantia de Qualidade, proximidade e confiança
Notícias

Entrevista a Francisco Mascarenhas, presidente do conselho de administração da Petroibérica

2019-01-09
Entrevista a Francisco Mascarenhas, presidente do conselho de administração da Petroibérica
Francisco Mascarenhas - Administrador do Conselho de Administração da Petroibérica

                                                                                                                                     Francisco Mascarenhas, Administrador do Conselho de Administração da Petroibérica 

 

O gasóleo agrícola é um dos produtos premium no portfólio da Petroibérica, que conta com uma rede de distribuição capilar nas principais zonas agrícolas do país e mais de 1.000 depósitos de combustível instalados em casa dos agricultores. Francisco Mascarenhas, presidente do conselho de administração da Petroibérica, realça a aposta da empresa nos serviços e no acompanhamento técnico aos agricultores.

 

Quem é a Petroibérica e qual a sua relação com o setor agrícola?

 

A Petroibérica é uma empresa com mais de 25 anos de experiência e uma das principais empresas a operar no setor petrolífero em Portugal. Distribuímos e comercializamos combustíveis brancos (gasóleos e gasolinas), gasóleo agrícola, gás GPL Indústria, fuelóleo, betumos asfálticos e Adblue (aditivo de catalisadores para motores Euro 5). Ocupamos o 6º lugar das Maiores e Melhores Empresas do setor.

Desde 2014, e após um processo de fusão, a Petroibérica está inserida no Grupo Alves Bandeira, um dos 50 maiores grupos a nível nacional.

No entanto, nascemos numa zona agrícola, Santarém, e por isso estamos juntos com os agricultores desde o nosso primeiro dia. Temos vindo a apostar e a investir neste setor de atividade, o que nos tem permitido crescer e consolidar a nossa posição como uma empresa de referência na distribuição de combustíveis para o setor agrícola.

Hoje, com mais de 4.000 clientes ativos, comercializamos anualmente mais de 130 milhões de litros de combustíveis de norte a sul do país. Tudo isto só é possível porque temos pessoas especializadas, capacitadas e dedicadas. E como as empresas fazem-se de pessoas, podemos dizer que estas são a nossa verdadeira mais-valia.

 

Quais as vantagens da fusão para o setor agrícola?

A criação do Grupo Alves Bandeira, constituído hoje por 16 empresas, permitiu-nos aumentar a nossa capacidade de investimento e, com isso, responder de uma forma mais rápida e eficaz às necessidades dos nossos clientes. Além disso, o facto de hoje termos uma rede com mais de 150 postos de combustível distribuídos de norte a sul do país (rede Alves Bandeira), é determinante para conseguirmos uma distribuição de combustível em 24 horas, com os máximos padrões de qualidade e serviço. Somamos a isto a possibilidade de os agricultores poderem abastecer nos nossos postos equipados com bombas de gasóleo agrícola através do cartão AB Frota e usufruírem de crédito, desconto e de um sistema de gestão on-line. Em suma, hoje conseguimos apresentar, a qualquer tipo de cliente, uma proposta chave-na-mão e adequada às suas reais necessidades.

 

A Petroibérica tem uma distribuição capilar de combustível nas principais zonas agrícolas. Qual a principal vantagem associada a este serviço?

Acreditamos muito no negócio agrícola como um dos motores do nosso país e, como tal, temos vindo a investir neste segmento de forma a conseguirmos chegar a todo o tipo de agricultor: pequeno, médio e grande. Dispomos hoje de 10 centros de distribuição exclusivos para o setor agrícola. Este fator, aliado aos mais de 150 postos de abastecimento da Alves Bandeira, permite-nos garantir uma entrega just-in-time, ou seja, em 24 horas entregamos o combustível em casa dos agricultores.

É de realçar que nos últimos anos temos vindo a fazer investimentos muito relevantes na instalação de centros de distribuição em zonas agrícolas, com abertura de três terminais no Alentejo, onde já somos líderes na distribuição de gasóleo agrícola, além de outro em Bragança. Estamos ainda a preparar a abertura de um novo terminal em Vila Real com foco na região do Entre Douro e Minho.

“Fomos das primeiras empresas da área dos derivados do petróleo a obter certificação ISO 9001:2015 em toda a sua cadeia de valor”

 

 

Que tipo de serviços presta a Petroibérica aos agricultores?

Sempre nos diferenciámos por sermos uma empresa próxima do cliente que aposta nos serviços agregados como um dos seus fatores de diferenciação.

Apoiamos o agricultor através da instalação de estações de abastecimento para consumo próprio nas suas explorações, que podem ser equipadas com sistemas de gestão frota, para um controlo real e efetivo dos combustíveis consumidos. Prestamos todo o apoio no licenciamento e edificação destas infraestruturas, com soluções chave-na-mão, além de colocarmos reservatórios e bombas em regime de comodato. Também fornecemos Adblue, um produto químico (ureia diluída em água) de origem sintética, utilizado para reduzir as emissões poluentes dos veículos pesados a diesel e que ajuda na melhoria da performance dos tratores e máquinas agrícolas.

 

Onde entra então o cartão AB Frota?

O cartão AB Frota é um produto que permite aos clientes, que não optem pela solução de instalação de um depósito nas suas instalações ou procurem uma solução complementar, aceder à rede de mais de 150 postos da Alves Bandeira.

O cartão AB Frota combina uma vertente de crédito e desconto, associado a uma ferramenta de gestão que permite gerir toda a sua informação on-line de forma rápida e segura. O acesso à informação de gestão é realizado através de uma plataforma on-line que permite consultar de uma forma detalhada toda a informação dos movimentos realizados com os seus cartões, bem como consultar as suas faturas. Esta ferramenta de gestão de frota é em tudo semelhante para a solução de home-based.

 

Um dos principais diferenciais da Petroibérica é a qualidade do produto. Como é garantida esta qualidade?

Por duas vias. Em primeiro lugar, os combustíveis distribuídos e comercializados pela Petroibérica são levantados em Portugal, cumprindo assim os mais elevados padrões de qualidade e respeitando todas as especificações regulamentares previstas em Portaria. Mais recentemente, resultado da parceria com a OZ Energia, temos vindo a levantar o nosso produto também no Terminal OZ, em Lisboa. Isto por si só é uma garantia de qualidade do nosso produto.

Em segundo lugar, através da sensibilização e apoio junto dos nossos clientes para uma manutenção preventiva das suas instalações. Este fator é determinante para fornecermos um combustível "limpo" de resíduos. Para isso é preciso investir em manutenção e limpezas constantes. É um investimento que fazemos recorrentemente e que o cliente vê como um verdadeiro diferencial. A título de exemplo, um dos serviços que prestamos é a análise ao gasóleo dos clientes, nomeadamente em épocas de menor atividade, quando o combustível está parado nos depósitos. Temos esta constante preocupação.

Como sabe o gasóleo atualmente tem cerca de 7% de biodiesel e se não houver uma rotação de consumo, o produto perde qualidades por ação de bactérias. Nesse sentido, realizamos análises e, se necessário, aplicamos bactericida para manter a qualidade do gasóleo.

A alta qualidade dos nossos produtos é prioritária e certificada por análises realizadas por laboratórios internacionais independentes.

O resultado desta preocupação com a qualidade do produto e serviços permitiu-nos ser uma das primeiras empresas da área dos derivados de petróleo a obter certificação ISO 9001:2015 em toda a sua cadeia de valor. Mais uma prova certificada da qualidade que defendemos.

 

Fora do setor agrícola a Petroibérica é também uma referência na distribuição e comercialização de combustíveis e betumes asfálticos?

 

Sim, hoje somos uma marca forte e reconhecida em todo o território nacional, nos mais diversos setores de atividade. Temos mais de 4.000 clientes ativos, distribuídos de norte a sul do país, acompanhados por uma equipa de cerca de 20 comerciais. Uma equipa de excelência, totalmente especializada e envolvida com o negócio e clientes. Aliás, é esta proximidade ao cliente que nos permite manter relações duradouras e de confiança.

Além da agricultura, o setor das transportadoras e construção têm sido os segmentos que mais crescem no portfólio de clientes da Petroibérica. Este fator deve-se à criação da política de reembolso do gasóleo profissional, o que permitiu migrar abaste-cimentos de fora para dentro do nosso país. Neste caso, as instalações de home-based foram fundamentais, uma vez que o sistema de gestão de frota certificado comunica diretamente os consumos à Autoridade Tributária e, consequentemente, gera os dados necessários para obtenção do reembolso.

No que diz respeito aos betumes asfálticos, desde que iniciámos esta área de negócio, já fornecemos produtos para mais de 1.500 kms de estradas. Somos o terceiro operador a nível nacional, facto que muito nos orgulha e que nos motiva a continuar a continuar a investir e a apostar neste segmento de mercado.

«Temos cerca 4.000 clientes de norte a sul do país e somos um grande parceiro destas empresas»

 

Qual é a ambição da Petroibérica para o futuro?

Queremos continuar a ser um verdadeiro parceiro de negócio. Queremos consolidar a nossa marca no mercado, assente numa relação de proximidade e confiança. Queremos que a nossa marca seja sinónimo de qualidade, excelência e confiança.

Pretendemos crescer 5% a 6% ao ano, ancorados pela nossa capacidade de apresentar propostas chave-na-mão, pelo crescimento dos postos Alves Bandeira onde prevemos chegar a mais de 200 em 3 anos e pela aposta na instalação de soluções home-based.

Por fim, fruto da parceria com a OZ Energia, esperamos criar sinergias de negócio entre os combustíveis e gás e, com isso, termos uma proposta ainda mais completa para apresentar aos nossos clientes.